Alimentos da estação: conheça os benefícios de consumi-los

alimentos da estação

Uma alimentação saudável passa pela variação do cardápio, de modo que ele inclua a maior quantidade possível de nutrientes e não enjoe ao longo das semanas.

Ainda que seja possível encontrar a maioria das frutas, legumes e hortaliças em feiras, mercados e hortifrútis durante o ano todo, é importante saber quais são os alimentos da estação e os benefícios em consumi-los.

Para isso, preparamos este post, indicando as vantagens desse hábito em termos nutricionais e financeiros. Acompanhe!

Por que cada estação produz alimentos diferentes?

A intensidade muda de acordo com a região onde você está, mas o clima na Terra é dividido em quatro estações: verão, outono, inverno e primavera. As mudanças  acontecem por causa do eixo de inclinação do planeta, que expõe partes do globo a uma maior incidência de raios solares durante determinado período.

Com isso, é normal que no inverno faça frio e o verão seja predominantemente quente. Em alguns lugares, as diferenças entre as estações também afetam a quantidade de chuvas, deixando alguns períodos mais chuvosos que outros.

Todas essas variações afetam o ritmo de crescimento das plantas, que dependem de condições específicas para crescerem e produzirem frutos. Logo, é comum que determinados vegetais estejam disponíveis em certas épocas e não em outras.

Quais são as vantagens de se optar por alimentos da estação?

Ainda que o clima relativamente estável do Brasil e algumas técnicas permitam que boa parte dos alimentos seja produzida o ano todo sem maiores interrupções, o ideal é priorizar os produtos de cada estação.

Confira alguns motivos para começar a fazer isso agora mesmo.

Produção mais sustentável

Embora seja bastante vantajoso para os produtores oferecer seus produtos o ano inteiro, isso não vem sem grandes custos para o meio ambiente e os consumidores. Afinal, é necessário fazer diversas adaptações na produção para que uma espécie que só vinga em uma estação faça isso durante todos os meses do ano.

Entre as soluções mais utilizadas para produzir em estações diferentes está o uso de agrotóxicos, pesticidas e inseticidas em larga escala, já que, normalmente, uma planta não tem resistência para enfrentar as pragas comuns de todas as épocas do ano.

Ou seja, ao consumir alimentos da estação, a chance de ingerir algo com altos índices de contaminação é bem menor, o que contribui para a sua saúde e evita que resíduos desses produtos cheguem ao solo e à água.

Alimentos mais saborosos e nutritivos

Todos os alimentos têm uma época melhor para se desenvolver, já que eles dependem de quantidades diferentes de luz ou chuva. Assim, ao dar prioridade para aqueles da estação vigente, a chance de conseguir frutas, legumes e verduras mais saborosos aumenta bastante.

Junto ao sabor, os valores nutricionais dos alimentos da estação tendem a ser maiores. Com condições adequadas, é normal que os vegetais consigam absorver mais nutrientes e desenvolvam alimentos mais nutritivos.

Melhor preço

Além da saúde, o bolso ganha com os alimentos da estação. Por conta da oferta maior do produto durante o período de safra, os preços tendem a cair, gerando economia na hora da compra. Por isso, quem procura reduzir a conta no mercado deve dar mais espaço para os produtos da época.

Descobrir quais são os alimentos da estação de acordo com a sua região não é difícil: pesquisas rápidas na internet e conversas com feirantes de confiança ajudam a decidir o que levar para casa. Assim, é possível aproveitar todos os benefícios dessa escolha.

Achou essas dicas interessantes? Então, compartilhe este post nas suas redes sociais agora mesmo!

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
E RECEBA CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

Fechar Menu
Share This