Minimalismo

Como praticar o desapego e levar uma vida mais leve? Descubra!

Urban Flowers
Escrito por Urban Flowers

Olá, galera! Uma das práticas mais importantes para o seu desenvolvimento pessoal é livrar-se de tudo aquilo que já não serve mais, seja física ou emocionalmente. Talvez você esteja pensando que falar é fácil, mas fazer não é tanto assim. Por isso, vamos te ensinar como praticar o desapego e levar uma vida mais leve.

Primeiro, é preciso entender porque o apego é tão prejudicial. Ele nos deixa estagnados, prejudica o nosso fluxo energético e nos faz perder tempo com coisas sem importância. Então, a ideia é desapegar de sentimentos e sensações ruins, daquelas pessoas que te fazem mal e daqueles bens materiais que você não usa mais.

Quer saber como praticar o desapego? Continue acompanhando! 

Desapegue-se das roupas que não usa mais

Embora seja difícil se desfazer daquela peça de roupa que um dia foi a sua preferida, mas que por alguma razão você não usa mais, desapegar de emoções é ainda mais difícil. Por isso, a ideia é começar pelas coisas físicas, doando roupas

Dê uma boa olhada no seu armário e separe as roupas que você não usa mais, por qualquer que seja o motivo, — tamanho, mudança de estilo etc. — para doação. Estabeleça alguns critérios, como: usei essa roupa quantas vezes no último ano? Isso ainda me serve?

Para tornar a tarefa mais fácil, lembre-se que assim você fará o bem para pessoas que não tem condições financeiras de comprar as peças e estão precisando muito desse auxílio. Além disso, você perceberá que não precisa de tantas peças de roupa e que pode praticar o consumo consciente.

Evite acumular utensílios domésticos

Outra prática bastante comum, mas que causa inúmeros problemas é o acúmulo de utensílios domésticos.

Muitas vezes compramos algo que nunca usaremos apenas pelo impulso, ou então ganhamos alguma coisa que não tem nada a ver com a nossa casa, que acaba ficando parado em algum canto acumulando poeira. Não tenha medo ou vergonha de se desfazer desses itens.

Se não quiser doar, você pode reaproveitá-los, criando algum item de decoração com uma peça antiga. Essa prática de reciclagem é muito benéfica para o meio ambiente. E você só precisa de um pouco de criatividade!

Neste caso, outra prática que deve ser evitada é guardar utensílios para ocasiões especiais que nunca chegam. Utilize os pratos de porcelana, as toalhas bordadas, os copos de cristal e quaisquer outros itens diferenciados no dia a dia. Você merece se sentir especial e importante todos os dias!

Não mantenha emoções ou atitudes que te fazem mal

Possivelmente você já percebeu que algumas emoções ou atitudes acabam causando tristeza. Talvez você se considere uma pessoa explosiva, mas a cada vez que faz algo sem pensar fica triste com o seu próprio ato. Ou ainda, se culpe toda vez que sente raiva de algo ou alguém, por exemplo. Isso é muito comum, mas bastante prejudicial. 

Então, uma boa dica de como praticar o desapego é se esforçar para se livrar dessas atitudes e desses sentimentos nocivos. Uma vez que você consegue identificar as causas do problema, é muito mais fácil se livrar dele. 

Entenda que o desapego é uma forma de liberdade

Por fim, você precisa entender que a melhor forma de ser livre é se desapegando de tudo aquilo que não serve mais. Se desfazendo das coisas físicas você libera espaço na sua casa, no seu armário e pode até mudar de país sem precisar se preocupar com tudo que possui. 

Mas, se desfazendo dos sentimentos negativos e das pessoas tóxicas, você poderá finalmente ser livre para ser feliz e buscar a sua realização pessoal. Então, essa é a forma mais importante de desapego. Comece a praticar!

Desapegue-se das coisas que não são mais úteis para você, dos sentimentos ruins e perceba a sua qualidade de vida aumentar. Em pouco tempo você se sentirá mais leve e realizado, ainda que no princípio seja necessário esforço e resiliência. Pode ter certeza que ao final valerá a pena!

Gostou de saber como praticar o desapego? Que tal compartilhar este texto em suas redes sociais e ajudar outras pessoas a melhorarem de vida com essa lição? Pode ser o seu primeiro passo nessa jornada! 

 

Sobre o autor

Urban Flowers

Urban Flowers

Deixar comentário.

Share This