Entenda os impactos da dieta vegana no mundo

dieta vegana

Diariamente, a ação humana produz impactos sobre o mundo. E nossa alimentação e estilo de vida são responsáveis por boa parte deles. Com isso, diversas pessoas optam por seguir uma dieta vegana.

Mas quais são os benefícios trazidos para o planeta quando alguém deixa de consumir produtos de origem animal? E quais melhorias poderíamos notar se mais pessoas adotassem esse hábito em suas vidas? As respostas para essas questões estão ao longo deste texto. Boa leitura!

O que é uma dieta vegana?

Apesar de falarmos de uma dieta vegana, o veganismo quase sempre não se resume apenas ao que se coloca no prato. Os adeptos desse estilo de vida, além de não se alimentarem com nada de origem animal, também excluem da sua rotina quaisquer produtos obtidos a partir de exploração animal.

Vegetarianismo é outra palavra bastante utilizada para se referir às pessoas que não se alimentam com itens de origem animal, apesar de ter um significado um pouco distinto, a maioria dos vegetarianos não colocam no prato alimentos derivados de carnes, leites e ovos, embora existam aqueles que não restrinjam as duas últimas opções.

Quais os impactos de uma dieta vegana no mundo?

Do ponto de vista individual, existem diversos estudos que demonstram que o veganismo reduz a chance do desenvolvimento de doenças crônicas, como diabetes e problemas no coração.

Em nível global o impacto é diferente, mas igualmente importante para o bem-estar de todas as espécies que habitam a Terra. E isso passa por entender a forma como os produtos de origem animal são produzidos.

Além das condições às quais animais são expostos, áreas verdes são destinadas para a criação deles, o que aumenta o desmatamento e reduz a preservação ambiental. O aquecimento global também é potencializado, principalmente pela pecuária: bois e vacas são responsáveis pela emissão de metano, que contribui para o aumento das temperaturas no planeta. Isso sem contar com o alto consumo de água dessas práticas.

Vários estudos reforçam o cenário mencionado acima. Em artigo publicado na revista Science, pesquisadores da Universidade de Oxford, na Inglaterra, concluíram que a interrupção da produção de carnes, laticínios e derivados reduziria em até 75% o uso do solo em todo o planeta. Com isso, os responsáveis pelo estudo afirmam que uma dieta vegana é a melhor forma de reduzir o impacto de cada um no planeta.

Outro estudo produzido em Oxford estimou que se toda a população mundial adotasse o veganismo, seriam poupados 8 milhões de vidas até 2050, em decorrência da redução de doenças associadas ao consumo de carne. Paralelamente, a mesma pesquisa aponta que haveria uma redução de dois terços na emissão de gases poluentes, que contribuem com o aquecimento global.

Até a Organização das Nações Unidos (ONU) já de manifestou sobre o assunto. Um representante da FAO (Organização das Nações Unidas para Alimentação e a Agricultura) afirmou que a produção de produtos de origem animal tem “impacto execessivo” e ameaçam a biodiversidade, o acesso à água e o cumprimento das metas estipuladas pelo Acordo de Paris, que tem como intuito, limitar o aumento das temperaturas do planeta.

A partir do que foi apresentado no post, pense sobre seus hábitos, reflita sobre como eles podem ser mudados para que o seu impacto sobre o planeta diminua e avalie como uma dieta vegana pode estar incluída nisso.

Gostou de saber mais sobre o assunto? Então acompanhe de perto nosso trabalho por meio das redes sociais: estamos no FacebookInstagramTwitter Pinterest.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
E RECEBA CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

Fechar Menu
Share This