Estilo minimalista: por onde começar?

Estilo minimalista: por onde começar?

O consumo consciente é uma forma de simplificar a vida. Você já comprou roupas, cosméticos ou outros objetos por impulso e depois se arrependeu? Ou tem em sua casa armários abarrotados de peças de vestuário que não usa mais? Talvez seja um bom momento para repensar a utilidade desses itens e adotar um estilo minimalista.

É importante entender que esse estilo de vida não é contrário ao consumo. Na verdade, o minimalismo se baseia em escolhas conscientes, baseadas na compra de itens que são realmente importantes, com a finalidade de reduzir o desperdício. 

Quer conhecer melhor esse estilo de vida e descobrir como colocá-lo em prática? Então continue a leitura de nosso post!

O que é minimalismo?

Como explicamos, o minimalismo se baseia em escolhas conscientes, com a redução do acúmulo de itens desnecessários. A ideia é se desfazer dos excessos e focar naquilo que realmente é importante. 

Assim, esse estilo de vida envolve muito mais do que mudanças em seu guarda-roupas. Em sua casa, por exemplo, você acumula pilhas de revistas e livros não lidos? Não é incomum a compra de livros por impulso, que são deixados para serem lidos depois — e esse dia nunca chega!

Exemplos de desperdício não faltam. Muitas mulheres costumam comprar diversos itens cosméticos e maquiagens, shampoos diferentes e uma infinidade de cremes para cada área do corpo e do rosto. Será que eles são mesmo necessários?

Comprovantes de pagamentos antigos, objetos de decoração e até itens com apelo sentimental (um objeto que não serve para nada, mas que foi um presente de uma pessoa querida) acumulam espaço e dificultam a organização. 

O estilo de vida minimalista propõe uma reflexão sobre o que é realmente importante. Assim, além de eliminar os itens desnecessários, você passa a consumir somente aquilo que precisa, sem desperdício.

Como começar a colocar o estilo minimalista em prática?

Agora que você já entendeu melhor o estilo minimalista, deve estar se questionando as razões de acumular tantas coisas em seu dia a dia, não é? No entanto, é possível fazer pequenas mudanças em seu cotidiano e reduzir o consumo excessivo. Uma boa ideia é começar por suas peças de vestuário. 

Confira a seguir algumas dicas para focar naquilo que realmente vale a pena.

Analise o que realmente gosta

Abra seus armários e observe todas as peças. Provavelmente, há itens que não são utilizados há muito tempo, seja porque não servem mais, seja porque ficaram esquecidos em algum lugar, com outras peças na frente.

Se a peça não foi usada nos últimos seis meses, a chance de você voltar a usá-la é pequena. Por que não separá-la para doação? Pratique o desapego! Assim, você consegue mais espaço, melhora a organização e pratica uma boa ação. 

Faça isso em todo o seu armário, observando peças de vestuário, calçados, bolsas e acessórios. Você vai se surpreender com a quantidade de coisas que não usa e que estão apenas ocupando espaço.

Tenha um armário-cápsula

Você conhece o conceito de armário-cápsula? A ideia é reduzir a quantidade de peças, optando por itens atemporais (que não saem de moda) e que combinem entre si. 

Há quem fale que o conceito se resume a 33 peças, mas não existe exatamente uma regra. O ideal é que as peças sejam versáteis e de qualidade, o que evitaria o desperdício e a necessidade de substituição. 

Para montar um armário assim, é importante definir qual o seu estilo e priorizar esses itens. Entretanto, lembre-se de que, muitas vezes, as pessoas têm mais de um estilo. Um exemplo é alguém que trabalhe com traje social e sapatos de saltos altos, mas que pratica atividades físicas e se veste de maneira mais despojada nos fins de semana. 

Nesse caso, podem ser necessários dois armários-cápsulas — um para as roupas formais de trabalho e outro mais esportivo. 

Faça combinações criativas

Ao retirar o excesso do seu armário e investir em peças versáteis, pode ser que você tenha a sensação de ter poucas opções para vestir em ocasiões diferentes. No entanto, experimente combinações diferentes. Imagine, por exemplo, quantas combinações são possíveis com três saias e três blusas?

Assim, invista em peças com cores neutras, que combinem entre si. O toque de cor ou algo mais vibrante pode ficar por conta dos acessórios!

Compre o que realmente precisa

Evite comprar por impulso. Quando resolver comprar uma nova peça, reflita se ela é realmente necessária. Em caso afirmativo, analise se ela combina com as demais e se é de boa qualidade, o que indica que vai durar mais tempo, reduzindo sua necessidade de novas aquisições. 

Além disso, procure comprar de marcas que apostem no slow fashion ou de negócios locais e sustentáveis. Assim, além de garantir boas peças ao seu guarda-roupas, você também fortalece a economia local e as empresas que valorizam a mão-de-obra e o meio ambiente

Adquira calçados e acessórios que combinem com tudo

A mesma regra de organização de roupas vale para os calçados. Será que você realmente precisa de todos os pares que tem no armário?

Aposte em produtos confortáveis e de boa qualidade, de acordo com o seu estilo. Existem alguns tipos de calçados que combinam com vários estilos de roupas, como alpargatas e tênis slip on, que podem ser utilizados nas mais diferentes ocasiões. 

Ao comprar uma nova bolsa ou mochila, confira também a qualidade e durabilidade, além do material utilizado. O ideal é apostar em modelos-coringa, que possam ser usados em diferentes ocasiões. 

Como levar o minimalismo a outras áreas da vida?

O minimalismo, como mencionamos, vai muito além do seu guarda-roupas. No entanto, esse é um bom ponto de partida para começar a adotar esse estilo de vida, que propõe o consumo consciente, sem exageros ou desperdícios. 

O próximo passo é começar a se livrar de tudo o que não é necessário, desde itens de decoração até papéis diversos que se amontoam em sua escrivaninha. Itens em excesso levam à desorganização e ao desperdício. O estilo minimalista prega justamente o contrário disso, valorizando o essencial e que tem finalidade em sua vida.

Quer conhecer melhor esse estilo de vida? Continue a visita em nossa página e fique por dentro das opções para o consumo sustentável.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
E RECEBA CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

Fechar Menu
Share This