Moda de inverno vegana? Descubra como não passar frio

Moda de inverno vegana

Já pensou como seria incrível manter o corpo aquecido nos dias frios vestindo somente roupas livres de exploração animal? É verdade que a moda de inverno ainda tem muito o que avançar nesse sentido, mas não desanime: há várias mudanças positivas acontecendo.

O lifestyle vegano, que vai muito além da alimentação, é um caminho sem volta. A atenção de inúmeras pessoas e organizações a uma forma de vida harmônica entre os seres humanos e a natureza vem dando passos largos — inclusive quando o assunto é a forma de se vestir.

Você vai ver como o ciclo da crueldade animal pode ser quebrado lendo este post sobre a moda de inverno vegana. Aqui, você vai conhecer exemplos de materiais alternativos aos tecidos tradicionalmente usados e também marcas estrangeiras e brasileiras que ajudam a fazer a diferença. Siga conosco e veja que é possível se proteger do frio de um jeito mais consciente!

Por que é importante falar sobre moda vegana?

É interessante começar esta conversa pensando sobre como os animais foram úteis para que a humanidade pudesse se vestir ao longo da sua evolução. Os tecidos que vieram dos bichos foram decisivos para abrigar os nossos corpos do frio.

De tão naturalizada que a exploração animal se tornou na história do mundo — e, nos últimos séculos, na indústria —, não é tão simples assim as pessoas relacionarem uma blusa de lã a um grave problema ambiental e social.

Justamente por isso é que precisamos discutir sobre moda vegana. Cada vez que desmistificamos os tabus sobre o assunto e ajudamos pessoas a renovarem seus hábitos, avançamos na busca por uma filosofia de vida justa e equilibrada para todos.

Com a chegada de uma nova estação, nada como se munir de conhecimentos para movimentar a conversa sobre moda cruelty free, não é? Então, anote as dicas dos próximos tópicos!

Quais são os tecidos veganos presentes na moda de inverno?

Além dos populares couro e lã, outros exemplos de insumos animais usados para combater as temperaturas baixas são seda, peles e penas. Além da proteção, esses materiais oferecem status: eles ainda são símbolos de “se vestir bem” no inverno.

revolução sustentável da moda trouxe soluções para evitar os maus-tratos contra os animais na produção e garantir vestes de alta qualidade. A seguir, você vai conhecer três tipos de tecidos veganos para afastar o frio.

Algodão

Certamente você tem alguma peça desse popular material no seu armário. Hipoalergênico e altamente durável, o algodão é produzido a partir de fibras naturais de plantas. As peças feitas dele são maleáveis, proporcionando bastante conforto. É por isso que pijamas, meias, camisetas e moletons geralmente têm alta porcentagem desse tecido.

No entanto, aqui vai um lembrete importante: sempre que puder, prefira as peças artesanais e orgânicas — assim, você ajuda a reduzir o impacto ambiental da produção de algodão.

Fibra reciclada

Imagine vestir uma roupa novinha, mas que carrega uma história e tanto por trás? É essa a experiência garantida por uma peça feita a partir de materiais reciclados.

Vários estilistas e marcas de vestuário vêm se dedicando a criar coleções atualizadas com o pensamento sustentável. Pneus e garrafas PET são exemplos de resíduos utilizados para a manufatura de fibras recicláveis que podem se transformar em calçados e casacos resistentes.

Couro vegetal

Você já deve ter ouvido alguém dizer que só usa couro legítimo (ou seja, tirado de um animal) porque ele tem melhor qualidade. Acontece que esse argumento está bem desatualizado.

O couro vegetal é mais uma boa opção para a moda de inverno vegana não só por imitar o aspecto do couro natural, mas especialmente porque oferece durabilidade para peças como calças, jaquetas, luvas e até bolsas e mochilas. Os avanços tecnológicos da produção desse tipo de tecido, desenvolvido com fibras sintéticas, são notáveis.

No entanto, a manufatura dele pode gerar resíduos significativos, fator que depende da matéria-prima usada. Então, para fazer uma escolha mais coerente com os cuidados ambientais, uma boa atitude é entrar em contato com as marcas e tirar suas dúvidas antes de qualquer compra.

Agora que vimos alguns dos tecidos que se destacam na moda de inverno vegana, vamos conhecer empresas que oferecem alternativas às peças de origem animal.

Onde encontrar roupas de inverno veganas?

Uma das pioneiras da moda a chamar a atenção para a crueldade com os animais foi Stella McCartney. Você já ouviu falar sobre ela? A estilista vegetariana lançou sua marca há quase duas décadas. Hoje seus produtos estão em mais de 77 países, de acordo com o site oficial. Nos catálogos dela, nunca houve uso de pele, couro ou lã animal, mas apareceram produtos à base de seda, lã e poliéster reciclados.

Depois que a marca de Stella surgiu, os temas de sustentabilidade e exploração animal ganharam mais adeptos no segmento. Hoje, já existem várias marcas de roupas totalmente veganas, além de varejos comerciais que aderiram ao discurso e começaram a fazer coleções com esse direcionamento.

Para mostrar a você onde procurar roupas de frio livres de maus-tratos contra os animais, selecionamos 7 empresas de produtos veganos. Inspire-se com os exemplos para um consumo consciente!

Mundo afora

O volume de marcas estrangeiras que trabalham com moda vegana é bastante expressivo. Listamos abaixo 3 opções internacionais que produzem peças de inverno sem nada de resíduo animal.

Vaute Couture

Primeira marca vegana de roupas do mundo. Foi ela quem estreou o rótulo “vegan” na Fashion Week de Nova Iorque. Os ícones da Vaute são os casacos longos para invernos rigorosos.

HoodLamb

Especializada em peças feitas com linho, que é uma fibra natural altamente durável. Também focada em casacos, recentemente a marca lançou uma coleção sustentável de jaquetas jeans.

Save the Duck

Criada em 2011, a empresa desenvolveu uma alternativa a matérias-primas animais fazendo casacos resistentes com a tecnologia PLUMTECH®, uma fibra leve à prova d’água e que mantém o calor do corpo.

Por aqui

Apesar de a produção de vestuário vegano ainda ser mais forte fora do nosso país, já existem muitas iniciativas se destacando no Brasil. Quer saber o que empreendedores nacionais estão fazendo? Conheça 4 marcas veganas que têm produtos para a moda de inverno.

Svetlana

Diretamente das terras cariocas, essa marca foi fundada em 2012 por Mariana Iacia, que estagiou com ninguém menos que Stella McCartney. Na loja, você encontra peças leves (moletons, jaquetinhas e calças), com estampas divertidas e coloridas — todas cruelty free e com modo de produção justo.

Chico Rei

Certificada pela PETA (People for the Ethical Treatment of Animals), organização internacional de proteção dos animais, a marca mineira é especialista em camisetas de algodão, mas o catálogo tem produtos complementares. Para a moda de inverno, são variados os modelos de “moletinhos”, feitos com algodão, poliéster e tinta à base d’água.

La Loba

Primeira marca do Brasil a receber o selo da Vegan Society, a mais antiga instituição vegana do mundo. O foco da La Loba são acessórios bastante procurados no inverno: as bolsas. A coleção tem itens de tamanhos e estilos variados, produzidos com laminado vegetal e fibras recicláveis.

Urban Flowers

Nascida no interior gaúcho, a marca também é certificada pela PETA. Baseada em produção artesanal, é 100% vegana. Vestindo da cabeça aos pés, a Urban Flowers oferece calçados confortáveis, como botas e tênis, peças levinhas para os dias mais amenos de inverno — kimonos, pantacourts e saias — e também bolsas para complementar as combinações.

Manter o corpo quentinho na temporada de frio pode ter um novo significado quando as suas roupas são livres de exploração animal. Além de observar as nossas dicas sobre moda de inverno, procure mais formas de aprofundar seus conhecimentos. Seja seguindo pessoas que estudam o assunto, seja acompanhando entidades de referência ou investigando diferentes marcas: o importante é evoluir sempre!

Agora que você já sabe mais sobre a importância de levar o veganismo também para o modo de se vestir, que tal desbravar as nossas linhas? Conheça a Urban Flowers: junte-se a nós para fazer a diferença!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
E RECEBA CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

Fechar Menu
Share This