Segunda sem carne: descubra como é fácil adotar esse projeto!

segunda sem carne

A nossa sociedade tem um hábito enraizado de comer carne todos os dias e em praticamente todas as refeições, não é mesmo? No entanto, uma iniciativa tem ganhado espaço e conquistado pessoas em todo o mundo: a Segunda Sem Carne.

Pessoas que querem diminuir ou até mesmo parar de comer carne encontram no movimento uma possibilidade de testar o estilo de vida.

A segunda-feira, por ser conhecida como uma oportunidade de recomeçar, é o dia ideal para tomar aquela atitude que você sempre quis, fazer uma mudança que estava sendo adiada ou dar uma chance para algo que você achou que jamais conseguiria.

Essa é a ideia da Segunda da Carne. Curtiu? Então venha com a gente saber mais sobre esse projeto!

O que é a Segunda Sem Carne?

A Segunda Sem Carne surgiu nos Estados Unidos em 2003, e no Brasil em 2009, lançada pela Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB).

O objetivo principal é incentivar uma alimentação baseada em vegetais, ou seja, sem ingredientes de origem animal, pelo menos uma vez na semana. Atualmente, a campanha é feita em mais de 40 países e busca transformar os hábitos alimentares da população.

Além das pessoas que adotam as mudanças individualmente, algumas prefeituras e instituições públicas também aderiram ao movimento e já oferecem, ou se comprometeram a oferecer, opções vegetarianas e veganas em seus cardápios em um dia da semana.

Por que aderir ao movimento?

Retirar os animais do prato não tem a ver apenas com a redução de sofrimento animal. Além de poupar animais, uma alimentação baseada em vegetais é extremamente benéfica para o planeta e para a nossa saúde.

De acordo com estudo publicado no The Guardian, uma redução significativa no consumo de carne é essencial para evitarmos mudanças climáticas drásticas.

Confira algumas vantagens de aderir ao movimento Segunda Sem Carne e de dar uma chance para refeições sem ingredientes de origem animal:

  • diminuição do risco de doenças cardiovasculares, diabetes, obesidade e alguns tipos de câncer;

  • redução do gasto hídrico, já que para produzir 1 kg de carne bovina, por exemplo, são usados em média 15 mil litros de água;

  • diminuição do impacto ambiental no que diz respeito à emissão de gases e desmatamento, considerando que a pecuária é uma das principais responsáveis por esses dois danos.

Como fazer a Segunda Sem Carne?

Montar um prato vegano é mais fácil do que a maioria das pessoas imagina! Alimentos de origem animal não precisam de substitutos — o que uma dieta precisa para ser saudável é de equilíbrio e variedade.

Confira, a seguir, o que deve fazer parte das suas refeições:

  • legumes;

  • verduras;

  • frutas;

  • leguminosas — feijões, grão-de-bico, ervilha, lentilha, entre outras;

  • cereais — arroz, aveia, milho e derivados de trigo;

  • castanhas — nozes, castanha de caju e castanha-do-pará, por exemplo;

  • sementes — chia, linhaça, semente de girassol etc.

Não é necessário ficar apenas no “arroz, feijão e salada”. Os alimentos podem ser consumidos de maneiras diferentes. Com as oleaginosas, por exemplo, é possível fazer leites, incrementar bowls, saladas e shakes.

Legumes e verduras podem ser comidos crus, cozidos ou assados. Leguminosas são excelentes fontes de ferro e proteína. Elas podem fazer parte do seu prato da maneira mais comum, no tradicional arroz e feijão, ou em preparações diferenciadas, como em um hambúrguer de lentilha, estrogonofe de soja ou patê de grão-de-bico.

Para consumir quantidades adequadas de cálcio, invista em vegetais verde-escuros, como o brócolis e a couve. Para aumentar a absorção de ferro, que tal temperar o prato com limão ou incluir algumas fatias de laranja?

Uma boa fonte de inspiração é a internet! Busque influenciadores, blogs e canais veganos para aprender receitas, combinações, dicas e se jogue na Segunda Sem Carne! Já em caso de dúvidas sobre nutrientes, vitaminas e questões relacionadas à saúde, não se esqueça de consultar um nutricionista.

Agora que você já sabe como funciona a Segunda Sem Carne, compartilhe este post nas suas redes sociais e inspire os seus amigos!

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
E RECEBA CONTEÚDOS EXCLUSIVOS

Fechar Menu
Share This